21/12/2013

[Resenha]: Sábado à Noite

ISBN: 8563993380
ISBN-13: 9788563993380
Edição: 1ª
Ano de Lançamento: 2012
Número de páginas: 344


 "Sábado à Noite" é o primeiro livro da trilogia homônima escrita pela escritora e blogueira Babi Dewet. O livro conta a história de um grupo de adolescentes da cidade de Alta Granada, os marotos: Bruno, Caio, Daniel, Fred e Rafael, e as populares: Amanda, Anna, Maya, Carol e Guiga. 
 Apesar de Amanda e Bruno serem melhores amigos desde crianças os dois mal se falam dentro do colégio. Baseada na hierarquia de grupos existentes no Ensino Médio, o grupo dos perdedores jamais se misturaria com o das garotas mais desejadas da escola. Mas essa regra cai por terra quando a professora de Artes cria um trabalho final englobando as duas turmas do 2º ano. Ao montar as duplas, a professora acaba unindo os marotos e as populares. Com tamanha aproximação em todas as aulas de Artes, Amanda e Daniel, finalmente, se rendem ao sentimento que sempre alimentaram um pelo outro.
 O romance que os dois começam a viver é bastante conflitante. A menina não quer de maneira alguma ser vista com um dos plebeus, isso mancharia totalmente sua imagem diante dos alunos do colégio; além disso, Guiga, uma de suas melhores amigas, também é apaixonada pelo garoto. E Amanda nunca trocaria uma amizade por um grande amor. Nunca.
 Assim, Mandy e Danny (como não chamados pelos amigos) passam a se encontrar escondidos, e do portão do colégio para dentro se ignoram completamente.
 Paralelo a tudo isso, aparece a Scotty, uma banda misteriosa que se torna a atração principal dos bailes de sábado à noite do colégio. O vocalista, que canta situações e sentimentos exatamente iguais aos que Amanda vive, mexe com a menina, que fica a cada sábado mais intrigada com a banda de mascarados. 


 Não vejo a hora de comprar meu "Sábado à Noite 2 - Dois bailes para a fama" e saber o que aconteceu com todos os personagens. A história juvenil baseada em uma fanfic sobre a banda inglesa McFly é diferente de todos os livros adolescentes que já li. A Babi conseguiu retratar uma juventude real, com personagens que poderiam facilmente ser eu, você ou nossos melhores amigos. Os marotos e as populares existem e podem ser encontrados em várias escolas por aí! Isso nos instiga a ler cada página, porque nos identificamos com muitos sentimentos e situações escritas ali.
 Deixo claro que, na minha opinião, Amanda é um saquinho desde o início do livro, mas nas últimas páginas conseguiu se superar e me fazer sentir uma raiva imensurável dela (quem já leu, sabe porquê hehe). Meus personagens favoritos são Daniel (ele é fofo toda a vida, gente!), Bruno e Fred. Os marotos me conquistaram! As músicas que aparecem no livro também são lindas, tanto as da Scotty (mesmo que não saibamos a melodia, apenas a letra), quanto All my loving, Angels, entre todas as outras.


2 comentários:

  1. Eu tô louca para ler esse livro! Parece ser muiiito bom! Amei a resenha!
    Beijos!
    www.blogmeuloucomundo.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muito bom! Estou doida pra ler o segundo, Isa! (:

      Excluir

 

criado e codificado para o blog ficcionalmente real
cópia proibida © 2015